Planeta Saudável

O QUE AQUI SE PRODUZ, AQUI SE RESOLVE!
[carregando]

Professora: Carlise Debastiani
Alunas: Camila Conte, Juliê Milena Testa e NatanaeliLorenzeti
Turma:
6º ano

Introdução
A produção de embalagens e produtos descartáveis aumentou significativamente, assim como a produção de lixo nas últimas décadas. Assim posturas responsáveis e de preservação do planeta começaram a ser discutidas e postas em prática para que o crescimento econômico esteja aliado à preservação do meio ambiente. Atividades como campanhas de coleta seletiva de lixo , reciclagem, compostagem tornaram-se pauta das discussões.
Objetivo
   O objetivo deste trabalho é demonstrar a forma correta de descarte do lixo orgânico bem como do lixo reciclável.

Material e Métodos
     Utilizou-se isopor para demonstrar de forma correta a construção do lixão a céu aberto e do aterro sanitário. Outros materiais como cola quente, areia, terra, lixo orgânico, tintas, e outros materiais recicláveis foram utilizados. Também pesquisou-se muito sobre a compostagem e como é uma maneira barata e prática utilizou-se um aquário reciclável para mostrar corretamente este processo.

Resultados
     Separar os resíduos gerados nas residências e no ambiente de trabalho é uma rotina que se torna comum nas cidades com o aumento da consciência ambiental. Essa tarefa, quando realizada corretamente, é decisiva para aumentar a quantidade e qualidade dos materiais recicláveis que retornam para as indústrias o que, por consequencia, eleva os ganhos dos catadores e reduz ameaças à saúde e à natureza. Utilizando a compostagem, pode-se reduzir a quantidade de lixo nos depósitos, enriquece a terra em nutrientes para as plantas;, evita queimadas que poluem o ar e incomodam a vizinhança, auxilia na agregação do solo melhorando sua estrutura, ajuda na aeração e na habilidade de reter água e nutrientes, e soltá-los lentamente para uso das plantas ao seu redor; melhora a drenagem nos solos argilosos e a retenção da água nos solos arenosos e reduz a necessidade de usar herbicidas e pesticidas.
 
Figura 01 - Maquete mostrando a separaçãocorreta do lixo reciclável ( Foto: Carlise Debastiani)

 
Figura 02 - Realizando o processo da compostagem( Foto: Carlise Debastiani)

Discussão
     A compostagem, usada principalmente na zona rural, é de extrema importância para o meio ambiente e para a saúde dos seres humanos. O lixo orgânico, muitas vezes, é descartado em lixões, ruas, rios e matas, poluindo o meio ambiente. Além disso, o acúmulo de resíduos orgânicos a céu aberto favorece o desenvolvimento de bactérias, vermes e fungos que causam doenças nos seres humanos. Além disso, favorece o desenvolvimento de insetos, ratos e outros animais que podem transmitir doenças aos homens. Reciclar implica investir, reaproveitando materiais que poderão voltar a entrar no ciclo industrial, poupando o mundo da perda de recursos naturais (as matérias-primas com que novos produtos são fabricados) e da progressiva destruição que a poluição do ambiente (resultante da produção desses novos produtos) acarreta.

Conclusão
    O crescimento da população mundial e do consumismo coloca o planeta Terra e a humanidade perante o dilema do lixo. A natureza por si própria é capaz de digerir lixo, no entanto não o consegue fazer à mesma escala a que ele é produzido.  Para que tudo isto aconteça à palavra-chave é a separação. Todo este processo começa em nossas casas, somente dessa forma poderemos contribuir para um planeta mais saudável e habitável.

Publicado em 21.06.2013.
Voltar
. .
.

Home | A Empresa | Produtos | Notícias | Planeta Saudável |Espaço do Professor |Downloads | Fale Conosco
Termo de Uso e Política de Privacidade

Editora Amigos da Natureza - Fone (45) 3254-7631
Desenvolvido por Vetor Design